Em uma parceira com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, o FUSSESP, a Primeira-dama de Cajobi, Cláudia Kreutz Barbarelli inaugurou os projetos sociais “Escola da Moda” e “Padaria Artesanal”.

Nesses projetos, foram capacitados profissionais que irão ensinar as pessoas inscritas nos projetos do Fundo Social de Solidariedade do Município.

“O objetivo é levar a qualificação profissional para mais perto da população”, explica a Primeira-dama, Cláudia. “Por meio desses recursos poderemos dar mais oportunidades para que as pessoas se capacitem e possam desempenhar uma atividade que, com certeza, irá contribuir para a melhoria da renda familiar e elevação da autoestima dos inscritos”, finalizou ela.

A Padaria Artesanal qualifica os profissionais e capacita agentes multiplicadores na produção de 10 (dez) tipos de pães, feitos com vegetais e frutas, que são: rosca de coco, pão de maçã, pão integral, pão de forma, pão de beterraba, pão de batata com queijo cremoso, pão de ervas, pão caseiro recheado com presunto e queijo, pão de mandioca com azeitona, pão de cenoura com goiabada, etc.

Já a Escola da Moda, que também é um projeto de qualificação profissional e capacitação, oferece os seguintes cursos: Corte e Costura; Bordado em linha; Bordado em Pedraria; Crochê e Confecção de Caixas.

Os produtos confeccionados durante os cursos ficam exposto no Fundo Social e no final do ano serão vendidos em um bazar com a renda revertida ao próprio curso.

Os cursos da Escola de Moda têm duração de 02 (dois) meses e são destinados às pessoas com mais de 18 (dezoito) anos, não sendo necessário escolaridade mínima.

Fonte: Notícias & Negócios

Fotos: "Escola da Moda" por Giani Putini

Fotos: "Padaria Artesanal" por Giani Putini

 

 

 



Mais Notícias

Câmara aprova por votação unânime o PROJETO DE LEI COMPLENTAR N.º 037/2019

Ler a notícia

Câmara Municipal de Cajobi recebe visita do Conselho de Pastores e Ministros de Cajobi

Ler a notícia