Recentemente, as redes sociais têm sido intensamente usadas em nosso Município não apenas para promover as coisas positivas com as quais somos contemplados, mas também para criticar duramente as deficiências que a atual administração tem de combater.

A partir dessa constatação, nasceu a campanha “Sou a favor de Cajobi”, cujo intuito é levar às autoridades competentes – Prefeito, vereadores e secretários – os anseios da população, e também solicitar a resolução de problemas que nos afetam diretamente. O movimento intitulado “Sou a Favor de Cajobi”– coordenado pelo empresário Arnaldo Sima e pela professora e diretora Maria José Borduque - vem conquistado espaços e atraindo jovens que têm em comum o interesse pelo desenvolvimento social e cultural do Município, como ficou comprovado na primeira reunião do grupo, que aconteceu nesta segunda-feira, dia 30, na Câmara Municipal, na presença de autoridades municipais: o prefeito Italiano Barbarelli, o vice-prefeito, José Saraiva, o presidente da Câmara, Renato “Torresmo” Martins, e dos vereadores Balinha, Lurdinha, Kim, Girino e Devarte, assim como o Secretario de Saúde, Daniel Teles.

Nesta primeira reunião foram levadas às autoridades perguntas e dúvidas, assim como solicitações para a resolução de diversos problemas. A agenda foi aberta, e um assunto dava origem a outro, quando então as pessoas presentes- poucas, mas todas interessadas em ajudar - faziam uso da palavra para se dirigirem principalmente ao Prefeito. Alguns temas discutidos:

Esgoto e represa municipal.

Devido à falta de planejamento da época da construção da rede de esgoto do Município, os dutos de despejos ficaram desproporcionais pela expansão  da cidade. Além disso, a cultura do povo de canalizar água das chuvas diretamente na rede de esgoto e jogar lixo nas bocas de lobos só agravaram o problema de evasão na época das fortes chuvas. Como solução, o Governo Municipal já está correndo atrás de recursos para a troca desses dutos, em uma obra avaliada em mais de 2 milhões de reais. E conta com a colaboração da população solicitando que não jogue lixo em bueiros e não desviem águas pluviais diretamente na rede de esgoto.

Lixo nas calçadas e ruas.

No passado, foi implantado no Município o sistema de caçambas de recolhimento de entulhos provenientes de obras, limpezas de terrenos e jardins, podas de árvores. Devido aos velhos hábitos da população o sistema novo não foi muito bem recebido. O serviço, de empresa particular, foi questionado pela população por cobrar valores altos para a maioria das famílias. Com isso, o proprietário, não vendo mais motivação para manter o serviço, se desfez da empresa, e os entulhos voltaram a ser colocados nas ruas e calçadas, de forma que novamente cabe à Prefeitura fazer o recolhimento dos mesmos. Para os cofres públicos o gasto é bastante elevado, já que são disponibilizados caminhões, máquinas e funcionários para a limpeza das vias. Pensando em melhorar esse sistema, o prefeito Italiano, através da Secretaria do Meio-ambiente conseguiu recursos para a compra de um caminhão poliguindaste e caçambas, que vão atender a população. Nos próximos meses Cajobi já poderá contar com o sistema de caçambas, sendo que hoje está sendo estudada de que forma serão oferecidos esses serviços.

Vários outros temas foram discutidos na reunião, como saúde, educação, segurança, lazer e entretenimento para os jovens. Também foi colocado em pauta como conscientizar a população a fazer a sua parte, a cumprir os seus deveres na conservação do meio ambiente, das calçadas, como dar o desfecho certo para lixo. Foram várias as idéias propostas: juntamente com a educação ambiental das famílias, desenvolvida através de folhetos, de campanhas veiculadas pelo rádio, também foi sugerida a aplicação de advertências seguidas de multas, fiscalização mais intensa e efetiva, e levar informação às escolas para as crianças e jovens, a fim de  que eles possam ser formadores de opinião e disseminem a conscientização ambiental para os mais velhos e as futuras gerações.

 

Parabéns a todos os envolvidos por dar esse passo tão significativo no desenvolvimento social e cultural de Cajobi, e que aconteçam mais reuniões como esta. Assim, as reivindicações são feitas através do canal ideal de comunicação, representado pelo Prefeito, vereadores e secretários. Esse diálogo com os munícipes servirá para que esclarecimentos sejam dados de forma correta, para a cobrança de melhorias onde ainda há imperfeições, mostrando que a população de Cajobi e Monte Verde é consciente de seu papel na sociedade. Que nos próximos encontros, nas sessões ordinárias e audiências públicas, o número de pessoas interessadas em ajudar o desenvolvimento do Município cresça ainda mais.

“É preciso cultivar a chamada consciência política em todos os cidadãos, não só nos dias de eleição, nem na época da campanha eleitoral. À medida que o povo for adquirindo essa consciência política, nosso regime democrático vai melhorando”.( Cristiana Gomes, infoescola.com ) 

Bruno Fachin
Comunicação Câmara Municipal
[email protected]  

 

 



Mais Notícias

Exposição coletiva “Diversificando a Arte” tem visitação gratuita na Câmara

Ler a notícia

850ª Sessão Ordinária realizada no dia 01 de março

Ler a notícia