Dados Históricos do nascimento de Cajobi-SP


Construção da Igreja Matriz de Cajobi, ainda sem a torre, que começou a ser construída em 1928
Foto: Arquivo pessoal Bonadio

“No começo do século XX, um grupo de condôminos que dividiram a antiga fazenda “BEBEDOURO DO TURVO” doaram sob a invocação de “Nossa Senhora da abadia” , 32 (trinta e dois) alqueires de terra para a formação do povoado que inicialmente deveria chamar-se Monte Verde, no local reservado a fundação do futuro povoado fizeram eles a roçada e levantaram um cruzeiro com realização do primeiro terço em 13 de maio de 1901, sendo este cruzeiro o símbolo da fé cristã”.

No dia 23 de dezembro de 1913, o povoado de Monte Verde passa a se chamar Distrito de Paz de Cajobi, nome que tem origem na língua tupi-guarani, e significa Monte Verde ("Cao" quer dizer monte, e "Bi", verde). A letra "j" foi intercalada entre as duas palavras, resultando no nome da cidade - CAJOBI.

Cajobi permaneceu como distrito da Comarca de Olímpia até 30 de dezembro de 1926. A partir dessa data o município passa a ter autonomia política, podendo assim realizar eleições para vereadores e prefeitos.

CAJOBI

Nome de origem: Tupi

Tradução: Cão “Monte”, BI “Verde”

Obs: Intercalaram a letra “J” formou-se a palavra ”Cajobi”, (em 23/12/1913, conforme lei estadual de n° 1.404).

Data da fundação: 13 de maio de 1901.

Fundador: “Mizael Anacleto de Souza”(mineiro de Nascimento), onde veio a falecer no dia 13 de setembro de 1907, a sua ossada se encontra no cemitério municipal de Cajobi.

Tornou-se município: 30 de dezembro de 1920 (lei estadual de n° 2.189).

Região administrativa: 13ª, sediada na cidade de Barretos.

Região governamental: São Paulo...